Associação Vale d’Ouro declarada de “utilidade pública”

Foi publicado no passado dia 23 de outubro, em Diário da República, o despacho, assinado pelo Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Tiago Caldeira Antunes e que declara a utilidade pública da Associação Vale d’Ouro.

A Associação Vale d’Ouro requereu a avaliação deste estatuto em 21 de fevereiro de 2015, vendo agora deferido o requerimento apresentado. O despacho n.º 96570/2019 do Gabinete do Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros refere que a instituição tem desenvolvido “relevantes atividades de interesse geral no âmbito da cultura, formação e educação, através da implementação, difusão e divulgação dos valores históricos, patrimoniais, culturais e sociais da região em que se insere”. Acrescenta ainda que se “dedica, em especial, ao teatro, à promoção do ensino da dança, ao fomento do associativismo na região onde se insere e à conceção e execução de projetos culturais e de promoção da cidadania”.

Para o presidente da direção, Luís Almeida, esta foi uma notícia inesperada: “aguardávamos há muito a conclusão deste processo, sabíamos que são processos demorados e fomos diversas vezes chamados a completar a informação disponibilizada”. No entanto, o dirigente mostra-se satisfeito pelo reconhecimento “é mais uma evidência de que o trabalho que temos desenvolvido, quase exclusivamente de base voluntária, tem tido um impacto relevante na nossa região”.

Neste momento Luís Almeida não esqueceu toda a estrutura e parceiros gerados ao longo de 11 anos: “é um reconhecimento que também se alarga não só aos nossos associados e colaboradores, mas também aos nossos parceiros e a todas as associações que connosco lutam diariamente por ideais semelhantes e se recusam a deixar mergulhar a região no completo esquecimento”.

Para o futuro, o responsável pela Associação Vale d’Ouro promete manter a mesma determinação: “vamos anunciar em breve um novo projeto que vai diversificar a nossa atuação mas que também tem um caráter social, inclusivo e de combate à desertificação dos territórios de baixa densidade. Por outro lado, procuraremos manter as atividades que deram destaque à associação ao longo destes anos e que penso terem contribuído para uma maior discussão e divulgação do melhor que o Douro e Trás-os-Montes tem para oferecer”.

Fundada em 24 de junho de 2008 esta associação tem na Mostra de Teatro do Douro o seu principal evento mas conta também com a Academia de Artes Douro e Tâmega e com um Grupo de Teatro formado exclusivamente por jovens. Dentro em breve anunciará um projeto na área desportiva e tem desenvolvido diversas atividades junto da comunidade onde se destaca o Encontro de Associações do Vale do Douro que regressará no segundo semestre de 2020 e integra a plataforma de luta pela defesa e reabertura do troço internacional da Linha do Douro.

Em novembro de 2018 a Associação Vale d’Ouro assinalou o seu décimo aniversário numa gala que reuniu em Alijó cerca de 250 convidados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *