Ágora de Democracia e Cidadania dedicada à saúde

A iniciativa organizada pela Assembleia Municipal de Lamego, em parceria com a Agência Social ao Douro, levou até Lamego um painel de especialista de excelência no passado dia 27 de abril.

Inserida nas comemorações ao 44.º aniversário ao 25 de abril, a Ágora de Democracia e Cidadania é um conceito inovador baseado num modelo ativo com a intervenção continuada de um painel de especialistas e aos participantes, com tempo limite para cada intervenção.

Romeu Sequeira, vice-presidente da Agência Social, em declarações ao VivaDouro reafirmou a importância da partilha de opiniões e pontos de vista entre especialistas e participantes, destacando ainda algumas das conclusões a que foi possível chegar durante este debate.

“Através dos especialistas presentes e a participação ativa dos participantes, e isto é muito importante, juntar a opinião dos especialistas, com bases científicas à experiência que temos na nossa região, chegamos a algumas conclusões, desde logo que o Douro Sul necessita de uma reformulação e de uma resposta especializada e específica na área da saúde, ou seja, são várias as soluções que podem aparecer sempre com base no Hospital de Proximidade de Lamego mas num âmbito diferente, mais específico para a população”, concluindo que “é óbvio que está a ser traçado um rumo e ainda recentemente foi inagurado o TAC no Hospital de Lamego”.

Nesta edição da Ágora, os temas em destaque foram a Bioética, o Testamento Vital e a Equidade em Saúde, pretendendo simultaneamente valorizar a democracia com a promoção ao exercício da cidadania em saúde e sentir Lamego como uma cidade referência de uma região.

“Esta discussão é fundamental para conseguirmos assegurar um futuro para a nossa sociedade porque, um dia mais tarde, o grande problema da nossa sociedade será a falta de pessoas. Daí a importância de debater já hoje para no futuro nos precavermos dessa situação”, afirma Romeu Sequeira.

Para o vice-presidente da Agência Social, conhecer o território e as suas gentes, promovendo respostas que vão de encontro às suas necessidades é o objetivo deste tipo de iniciativas.

“É importante conhecer bem as necessidades das famílias, nomeadamente as mais envelhecidas, para conseguirmos dar respostas mais concretas. Uma delas seria dar resposta na própria residência das pessoas e, nesse âmbito, a Agência Social do Douro tem um projeto com o Alto Patrocínio do Presidente da República, o Aldeias Humanitar, que pretende isso mesmo, ou seja, levar a saúde e o social à casa das pessoas”.

O painel de especialistas é composto por Helena Norinha, D. António Couto, Mário Pinto, Duarte Soares, Manuel Pizarro e Rui Nunes. José Lourenço é o Presiaente da Ágora, enquanto Domingos Nascimento e Romeu Sequeira são moderadores.

A sessão de abertura foi presidida por José Lourenço, Presidente da Assembleia Municipal de Lamego, tendo também a participação de Ângelo Moura, Presidente da Câmara Municipal de Lamego.

A moderação dos debates ficou a cargo de Domingos Nascimento e Romeu Sequeira, respetivamente Presidente e Vice-Presidente da Agência Social do Douro.

, ,