Aldeias Humanitar vence Prémio Direitos Humanos da Assembleia da República

A Aldeias Humanitar é a vencedora do Prémio Direitos Humanos 2019 da Assembleia da República, pela intervenção humanitária de saúde e amparo social.

O Júri do Prémio justifica a sua atribuição à Aldeias Humanitar pela “atuação humanitária e inovadora na prestação de cuidados de saúde e sociais, no amparo das famílias e pessoas idosas que vivem em situação de vulnerabilidade ou isolamento e abandono, principalmente no interior do País”.

O Prémio Direitos Humanos é atribuído anualmente a uma organização não governamental, ou personalidade que se distinga na defesa dos direitos humanos.

“Depois do Reconhecimento da sua valia científica, do reconhecimento operacional, eis que a Assembleia da República dá à Aldeias Humanitar o Reconhecimento dos Direitos Humanos. É imensa a responsabilidade. É enorme o sentimento de gratidão.”, revela a Aldeias Humanitar, em comunicado.

“Estes reconhecimentos dedicam-se ao Interior de Portugal, às PESSOAS que lhe dão vida, e a todas as Entidades e Instituições que, tal como a Aldeias Humanitar, ajudam por cá a garantir a dignidade e a qualidade de vida humana”, conclui.

A Cerimónia de Entrega do Prémio Direitos Humanos 2019 tem lugar no próximo dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos, e que é, simultaneamente, o Dia Nacional dos Direitos Humanos, no Salão Nobre da Assembleia da República.

,