Coro da Misericórdia de Lamego celebra quinto aniversário

A comemorar cinco anos de existência, o Coro da Santa Casa da Misericórdia de Lamego já se afirmou como um projeto cultural de excelência, “graças a um grupo de pessoas que continuam juntas, empenhadas, felizes e agradecidas por cantar e louvar a Deus”.

Criado para enaltecer, com um reportório eucarístico, a missa dominical das 12 horas celebrada na Igreja das Chagas, este Coro já realizou um vasto leque de atuações, sobretudo em locais de culto, incluindo em atos litúrgicos nos santuários da Lapa e do Sameiro, interpretando sempre com talento e mestria verdadeiras obras primas da história da música.

“Há cinco anos alguém sonhou e decidimos tornar o seu sonho realidade. O único desejo do nosso Coro é continuar a missão de cantar e louvar o Senhor”, fundamenta a Vice-Provedora Isabel Bandeira.

Na Missa do último domingo, celebrada pelo Padre Avelino, o Coro dirigido pelo maestro Joel Valente cantou os parabéns e entregou uma pequena lembrança a todos os presentes com o objetivo de assinalar mais este aniversário.

Nos últimos anos, o Coro da Santa Casa da Misericórdia de Lamego tornou-se o espelho da dedicação à música coral de muitos irmãos, funcionários e melómanos. Um caminho auspicioso alimentado pela paixão pela música que todos os membros nutrem por este projeto cultural que se tornou uma importante “marca” desta instituição.

Desde a sua criação, em outubro de 2016, tem praticado um vasto repertório histórico, profano e sacro, incluindo autores portugueses.

,