Espumante Terras do Demo arrecada mais uma medalha de ouro

O espumante Terras do Demo, produzido pela Cooperativa Agrícola do Távora, em Moimenta da Beira, conquistou mais uma Medalha de Ouro. Foi na 7º edição do Concurso de Vinhos Crédito Agrícola, organizado em parceria com a Associação dos Escanções de Portugal.

Foi numa cerimónia totalmente digital, no passado dia 21 de Janeiro, que o Crédito Agrícola revelou os vencedores, sendo um deles o Terras do Demo, Malvasia-Fina, Espumante Bruto Távora-Varosa, Branco 2018, com a Medalha de Ouro.

“É mais um prémio muito importante para o nosso espumante. Outro que fica para a história. Estamos muito orgulhosos”, disse João Silva, Presidente da Cooperativa Agrícola do Távora.

O concurso premiou 58 Vinhos Nacionais, entre 183 vinhos brancos, tintos e espumantes colocados à prova por 109 produtores nacionais das várias regiões vitivinícolas do país. Dos 58 distinguidos, 3 conquistaram a Grande Medalha de Ouro ao melhor vinho branco, tinto e espumante; e 55 a de Ouro Tambuladeira dos Escanções de Portugal, a vinhos engarrafados, nas categorias “Vinho Branco”, “Vinho Tinto” e “Vinho Espumante”.

Na edição deste ano foram reconhecidos vinhos oriundos de várias regiões vitivinícolas: Vinhos Verdes (duas medalhas), Douro (oito medalhas), Távora-Varosa (uma medalha, a atribuída ao Terras do Demo), Dão (seis medalhas), Bairrada (duas medalhas), Tejo (seis medalhas), Lisboa (11 medalhas), Península de Setúbal (cinco medalhas), Alentejo (16 medalhas) e Algarve (uma medalha).
A iniciativa do Crédito Agrícola pretende apoiar o setor vitivinícola e o desenvolvimento das economias locais, especialmente as Cooperativas e os Produtores, promovendo e colocando à prova a qualidade dos vinhos nacionais.

,