Formação em Lamego ajuda profissionais a lidar com alergias

As alergias alimentares e os respetivos sintomas, exames e tratamentos estiveram no centro das preocupações da ação de formação que decorreu esta segunda-feira no Centro Escolar de Lamego nº1, com a participação de mais de 50 profissionais das áreas da educação e da saúde.

Promovida pelo Município de Lamego, no âmbito do projeto “Lamego Educa – Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar”, esta iniciativa contou com a colaboração de diversas instituições, nomeadamente do Serviço de Pediatria do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro e da Escola de Hotelaria do Douro-Lamego.

Num primeiro momento, a palestra da pediatra Márcia Quaresma abordou o tema da anafilaxia, a reação alérgica mais grave, que pode resultar em dificuldade respiratória, perda de consciência ou mesmo morte se não for imediatamente tratada. A ação “Alerta Alergia” prosseguiu depois com a realização de uma sessão de esclarecimento com a intervenção da equipa multidisciplinar do Serviço de Pediatria daquele estabelecimento de saúde. O público procurou, durante esta ocasião, esclarecimentos adicionais sobre formas de confeção, não contaminação e atuação na preparação dos alimentos.

A sessão encerrou depois com uma degustação de receitas com alternativas válidas face às alergias, confecionadas pela Escola de Hotelaria. Para breve, está prevista a apresentação pública de um livro com estas receitas.

,