Lamego aderiu à federação portuguesa dos Caminhos de Santiago

O município de Lamego vai integrar a Federação Portuguesa dos Caminhos de Santiago, após aprovação de uma proposta em reunião do executivo. O concelho é atravessado pela rota do Caminho Português do Interior, sendo esta uma mais valia para a promoção e divulgação do território.

A intenção da criação da Federação Portuguesa do Caminho de Santiago prende-se com a necessidade de uniformizar os percursos, reforçar a promoção conjunta dos vários traçados existentes no país e sua certificação, bem como agregar o maior número possível de entidades, desde municípios, associações, universidades, instituições religiosas, pastorais, organismos de turismo, entre outras, de modo a constituir-se como um órgão representativo do Caminho de Santiago em Portugal, com todas as suas variantes.

Como principal objetivo, a Federação pretende revitalizar, promover, estudar e dinamizar as variantes do Caminho Português de Santiago, como importantes vias de peregrinação a Santiago de Compostela, recuperando, preservando e promovendo também o património histórico-cultural e religioso associado ao caminho, bem como a interculturalidade dos povos, de modo e impulsionar o desenvolvimento económico, social e ambiental das regiões atravessadas.

Além de um caminho espiritual, o Caminho de Santiago é também um destino turístico e cultural. No concelho de Lamego, o Caminho Português Interior de Santiago tem início em Bigorne e termo no Lugar do Torrão (junto ao rio Douro), num total de 28,8 quilómetros, devidamente sinalizados com o símbolo da concha amarela em placa de fundo azul.

,