Meio milhão para melhorar Caminho Português Interior de Santiago

Os oito municípios atravessados pelo Caminho Português Interior de Santiago vão aplicar cerca de meio milhão de euros na melhoria da sinalética e em albergues, seminários e workshops que promovam esta via de peregrinação.

Ana Rita Dias, vice-presidente da Câmara de Vila Pouca de Aguiar, afirmou aos jornalistas que o objetivo “é melhorar o Caminho Português Interior de Santiago porque “é preciso dar mais e melhor a quem percorre este caminho”.

A autarca, que falava em Pedras Salgadas, à margem da criação da Federação Portuguesa do Caminho de Santiago, disse ainda aos jornalistas que os municípios prepararam uma candidatura comum, que já foi aprovada, e que prevê a concretização de iniciativas conjuntas e individuais.

Entre as ações previstas estão o reforço da sinalética e da rede de albergues, a preparação de alguns albergues para pessoas com necessidades especiais e para acolherem os que se deslocam em bicicleta, com locais para a lavagem ou reparação destes meios de transporte.

A ideia é “requalificar e inovar” o caminho que, segundo Ana Rita Dias, está a receber “cada vez mais peregrinos, inclusive estrangeiros”.

“Temos um caminho diferente dos restantes pela sua paisagem, pela sua dificuldade, por aquilo que oferece e pelas gentes que aqui vivem”, frisou a responsável.

Ana Rita Dias referiu ainda que a candidatura visa também “a manutenção” do caminho e elencou, entre as iniciativas previstas, a realização de seminários e workshops, a elaboração de guias em papel e também digitais.

A primeira iniciativa decorreu na quinta-feira, nomeadamente o seminário internacional “Caminho de Santiago, um caminho no mundo”, que antecedeu a criação da Federação Nacional do Caminho de Santiago, que oficialmente constituída no passado dia 17 de maio.

Esta via de peregrinação começa em Viseu e segue por Castro Daire, Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Chaves, percorrendo 205 quilómetros e entrando em Espanha por Verín.

, , ,