Misericórdia faz das vindimas uma festa para os mais pequenos

Chegou a altura do ano de andar com a tesoura na mão e o mosto nos pés. Nas encostas do Douro, a mais antiga região demarcada do mundo, já começou a época das vindimas.

A Misericórdia de Lamego também quer que as crianças do Centro de Apoio Educativo (CAE) façam parte desta tradição centenária. Por isso, levou-as à Quinta de Lobrigos, uma herdade agrícola em Santa Marta de Penaguião propriedade desta instituição, para participarem na apanha da uva.

Durante esta atividade, houve tempo de sobra para os mais pequenos explorarem todos os rituais à volta das vindimas e algumas castas que povoam este território. Uma experiência única que os mais pequenos adoraram e que querem voltar a repetir.

Nas atuais férias escolares, o CAE desta Santa Casa tem aliado diversão e aprendizagem, através de uma abordagem descontraída. As iniciativas mais apreciadas pelos jovens participantes são, sem dúvida, aquelas que estimulam o contacto com a natureza. Nas últimas semanas, têm sido surpreendidos com a realização de ateliês de expressão plástica, trabalhos manuais, oficinas agrícolas, entre muitas outras ações.

Tendo em conta o atual contexto de pandemia, as atividades cumprem as medidas de segurança e recomendações estipuladas pela Direção Geral da Saúde.

, ,