Montra da Cereja da Penajóia regressa a 25 e 26 de maio

A Montra da Cereja da Penajóia, um certame onde todos os anos se reúnem os produtores desta freguesia sobranceira ao rio Douro e um dos maiores cartazes turísticos da cidade de Lamego, vai regressar no último fim de semana de maio, dias 25 e 26.

Este ano, será valorizada com uma componente de animação muito especial: nove grupos de bombos vindos do norte do país vão dar corpo, pela primeira vez, ao evento Lamego a Bombar” e animar as principais ruas da cidade na tarde de domingo.

Organizada pela Associação AMIJÓIA – Amigos e Produtores da Cereja da Penajóia, a nona edição da Montra da Cereja promete juntar muitos produtores na “sala de visitas” da cidade, a Av. Dr. Alfredo de Sousa, que vão vender a cereja ao mesmo preço, numa caixa personalizada.

Conhecida por ser a primeira de toda a Europa a aparecer no mercado, desta cereja estaca-se pela sua qualidade, textura e doçura, devido ao microclima e às especificidades do solo.

Com concentração marcada junto ao Jardim da República, pelo evento Lamego a Bombar” vão desfilar o Grupo Desportivo e Cultural de Samodães (associação co-organizadora), o Grupo de Bombos Bate Latas da Associação Desportiva e Cultural Alvações do Tenha, o Grupo de Bombos de Fontelo-Armamar, o Grupo de Bombos Botabaixo, de Vilarinho de Freires, o Grupo de Bombos de Tarouca, a Associação Cultural e Recreativa Reviver as Tradições de Atei, o Grupo de Bombos de Alfândega da Fé “Us Bat n’Pelle”, os Bombos de Pendilhe, Vila Nova de Paiva e os bombos da Associação Cultural e Desportiva de Vila Marim, Mesão Frio.

A Montra da Cereja da Penajóia tem o apoio da Câmara Municipal de Lamego, entre outras entidades.

, ,