Município cria equipa de apoio de emergência às instituições

Com o agravamento da atual crise epidemiológica, o Município de Lamego vai reforçar no terreno o apoio de emergência aos equipamentos sociais, através da criação de uma equipa de intervenção rápida que auxiliará na realização de trabalho socialmente útil de modo a assegurar a capacidade de resposta das instituições públicas e do setor solidário.

Constituída por dez pessoas, a nova equipa intervirá, sempre que necessário, quando se verificar uma situação de carência de recursos humanos em instituições com atividade na área social e da saúde em situação de surto.

Antes de iniciarem a sua atividade, prevista para o início da próxima semana, as pessoas que constituem esta nova medida excecional estão a receber formação adequada do ACES Douro Sul e do Serviço Municipal de Proteção Civil. O leque de funções a desempenhar será abrangente, de intervenção comunitária e nas instituições, correspondendo à função de auxiliar da ação direta.

Estão preparadas, por exemplo, para prestar cuidados de higiene, conforto e saúde, fornecer alimentação e garantir o acompanhamento e vigilância dos utentes dentro e fora dos estabelecimentos. Esta equipa foi criada ao abrigo do programa MAREESS – Medida de Apoio ao Reforço de Emergência de Equipamentos Sociais e de Saúde, promovida pelo Governo.

No contexto da atual crise sanitária, este reforço do apoio de emergência integra o programa “Lamego Ajuda” que auxilia e protege as pessoas mais vulneráveis, em particular a população idosa, ou em situação de isolamento social e sem retaguarda familiar. Ao longo dos últimos meses, equipas multidisciplinares têm assegurado a entrega ao domicílio de bens alimentares e de medicação, bem como atendimento telefónico especializado para apoio psicológico.

Os munícipes que necessitam de apoio devem contactar o Serviço Municipal de Proteção Civil, através do telefone 254 095 000 ou do e-mail lamego.ajuda@cm-lamego.pt, fazendo a sua identificação.

,