Presidente do Turismo do Norte detido pela judiciária

Melchior Moreira, presidente do Turismo do Norte foi detido na manhã de hoje, juntamente com outros quatro suspeitos, todos acusados do crime de corrupção.

Segundo as informações da Polícia Judiciária, os cinco detidos (3 elementos do Turismo do Norte e 2 empresários), estariam envolvidos num esquema de viciação de concursos públicos para beneficiar as duas empresas suspeitas em valores que “ascendem a vários milhões de euros”.

Na operação, com o nome de código “Éter”, foram feitas buscas domiciliárias e não domiciliárias em “entidades públicas e sedes de empresas”, incluindo as sedes do Sporting de Braga e do Vitória de Guimarães.

A investigação, feita na sequência de um inquérito pelo Ministério Público, centrou-se, na atividade do Turismo do Norte onde se percebeu que os seus dirigentes (foram viciavam os concursos públicos e atribuíram determinados contratos por ajuste direito para favorecer as empresas.

As 11 buscas foram feitas nas regiões de Porto, Gaia, Matosinhos, Lamego, Viseu e Viana do Castelo e estiveram envolvidos 50 elementos da Polícia Judiciária, incluindo inspetores, peritos informáticos e peritos financeiros e contabilísticos.

,