Autarquia de Mesão Frio oferece tablets a estudantes

Numa realidade em que a evolução é rápida e somos dominados pela tecnologia, o município de Mesão Frio decidiu oferecer um tablet a todos os alunos do 4º ano de escolaridade, sem exceção.

Apostada em melhorar os resultados do ensino no concelho, a autarquia diz que esta iniciativa tem o objetivo de “criar uma alternativa ao ensino tradicional e fazer face à realidade virtual atual”.

Num comunicado, colocado na página do município, pode ainda ler-se ainda que a autarquia ofereceu, aos alunos do 1º ciclo no Escalão 1, livros de fichas de trabalho, tendo também financiado em 50% a aquisição desses livros para os alunos do Escalão 2.

“Há um ano, tinha prometido que, se por ventura o Governo assumisse o financiamento dos livros do 1.º Ciclo, iria direcionar essa verba para a oferta de tablets aos alunos do 1.º Ciclo. Contudo, o valor que poupamos nos manuais não deu para fianciar metade do valor dos tablets do 4.º ano e tivemos que fazer opções. É lógico que o ideal seria podermos oferecer tablets a todos os alunos do Ensino Básico, mas isso iria exigir um esforço financeiro de 25 mil euros. Contudo, no próximo ano, vamos tentar alargar a oferta”, afirmou o presidente da câmara, Alberto Pereira, no decorrer da cerimónia de entrega dos dispositivos eletrónicos aos alunos, no auditório municipal.

O agrupamento de escolas de Mesão Frio é o que mais reduziu as taxas de retenção e abandono escolar, nos últimos 10 anos, no país.

,