30 mil euros para 20 prémios de mérito a alunos carenciados

Têm de estar matriculados no ensino superior, residir no concelho de Moimenta da Beira, ter no máximo 25 anos de idade e ser estudantes de mérito, mas com dificuldades económicas comprovadas que não lhes permitem o prosseguimento dos estudos pelos seus próprios meios.

São estes alguns dos requisitos exigidos para as candidaturas que abriram no dia 31 de outubro, e fecham no dia 20 de novembro (ano letivo 2020/2021).

Ao todo, a Câmara Municipal de Moimenta da Beira poderá atribuir até 20 prémios de mérito estudantil, no valor individual de 1500 euros, num total de 30 mil euros. Uma aposta que é concretizada pelo município pelo 7º ano consecutivo.

“A frequência do ensino superior é uma meta que alguns procuram atingir, mas os custos que lhe estão associados dificultam este processo de formação pessoal. Todos os apoios serão, por isso, justos e bem aceites por parte daqueles cujos recursos são poucos e desejam o acesso à formação superior, podendo virem a ter uma oportunidade de o concretizarem”, argumenta José Eduardo Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Moimenta da Beira.

,