Autarca pede medidas de apoio à restauração

Por causa do impacto causado pela pandemia, o Presidente da Câmara Municipal de Moimenta da Beira considera que o Governo tem de encontrar medidas de compensação para a área da restauração que emprega centenas de milhares de pessoas em todo o pais, que criam emprego e qualificam o emprego.

“Estando já tão castigadas, estas empresas e os profissionais que nelas trabalham, há a obrigação do Governo em criar medidas que sejam mitigadoras deste impacto, medidas que reduzam este impacto. O Governo tem meios que eu espero que utilize para estabelecer compensações para estas empresas que condena de uma forma muito severa, especialmente porque já têm sido condenadas durantes todos estes meses”, afirmou em entrevista à Rádio Riba-Távora.

Nesta entrevista, José Eduardo Ferreira, disse também que ainda espera do Governo resposta à pergunta sobre a inclusão “errada” de Moimenta da Beira na lista dos 121 concelhos.

O autarca falou ainda dos próximos dois fins-de-semana e do confinamento da população nas tardes de sábados e domingos. “O que espero é que, face às restrições impostas, a população seja racional e evite os aglomerados a toda a força”.

,