Miguel Gonçalves fecha o ciclo de conferências “Ciência e Astronomia”

No dia 20 de julho de 1969, está a fazer precisamente 50 anos, a humanidade deu, literalmente, um passo muito além de suas fronteiras terrestres quando pela primeira vez um homem pisava na Lua.

O feito do astronauta norte-americano Neil Armstrong e do seu colega Buzz Aldrin foi transmitido ao vivo para 100 milhões de pessoas. Foram, ao todo, duas horas e 45 minutos de caminhada pela Lua. E, ao pisar na superfície lunar, Armstrong disse a famosa frase: “Este é um pequeno passo para o homem e um salto gigantesco para a humanidade”.

É sobre a chegada do primeiro homem à Lua, há meio século, que Miguel Gonçalves, conhecido comunicador de ciência e responsável pelo programa “A Última Fronteira”, na RTP, falará no ciclo de conferências “Ciência e Astronomia”, dia 6 de julho, às 16 horas, no Auditório Municipal Padre Bento da Guia, em Moimenta da Beira.

“LUA: pegadas, interrogações, estórias e dádivas” é o título da comunicação que fechará este ciclo de conferências, organizado pela Câmara Municipal de Moimenta da Beira, sob a coordenação científica de Paulo Sanches, que começou no dia 25 de maio com o físico e professor catedrático da Universidade de Coimbra, Carlos Fiolhais, com a palestra “Einstein: 100 anos de glória”, e prosseguiu no dia 22 de junho com Paulo Ribeiro Claro, do Departamento de Química da Universidade de Aveiro, com a palestra “A Tabela Periódica no Espaço: átomos e moléculas pela luz das estrelas”.

, ,