Reuniões descentralizadas chumbadas em assembleia

Em Moimenta da Beira a coligação Unidos pelo Futuro, CDS-PP e PPM, apresentou uma proposta com vista à descentralização das reuniões da Assembleia Municipal, que foi chumbada com os votos contra do PS e a abstenção do PSD e do movimento independente Vai Acontecer.

Segundo os deputados municipais da coligação, representada pelo CDS, a inciativa justificava-se pela necessidade de haver uma “maior proximidade entre aquele órgão e os eleitores das 16 freguesias”, pretendendo-se “aumentar a participação na vida política do concelho, dado que na parte inicial das reuniões poderia ser debatida a realidade da freguesia na qual se realizaria” cada sessão.

Fernando Trinta Lopes, líder parlamentar da coligação que apresentou a iniciativa, lamentou a “incompatibilidade regimental” que levou os outros partidos com assento na Assembleia Municipal a rejeitarem a proposta dos democratas-cristãos defendendo que a democracia “ganha outra dimensão” com a participação dos cidadãos de Moimenta da Beira e a transparência da “forma como se tomam as decisões”.

,