Murça sobe 272 posições no Índice de Transparência Municipal

Câmara Municipal de Murça | Foto: Direitos Reservados

Câmara Municipal de Murça | Foto: Direitos Reservados

Realizou-se no dia 10 de dezembro no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, a cerimónia que deu a conhecer os resultados do estudo do Índice de Transparência Municipal (ITM). A Câmara Municipal de Murça ocupa a 21.ª posição na avaliação realizada pela organização não-governamental Transparência e Integridade, Associação Cívica (TIAC).

A pontuação obtida, em 2015, coloca o concelho de Murça como o segundo município mais transparente do distrito de Vila real e o primeiro da Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM-Douro), naquela que foi a segunda maior subida a nível nacional, ou seja, de 2014 para 2015, Murça subiu 272 posições.

Este estudo realizado pela organização não-governamental Transparência e Integridade, Associação Cívica, avalia a prestação de contas do poder local, designadamente a forma como é realizada a divulgação da informação municipal pelas autarquias.

Para o presidente da Câmara Municipal do Murça, José Maria Costa, “estes resultados comprovam o trabalho, o rigor e nosso o compromisso na disponibilização aos cidadãos, e em especial aos murcenses, da informação relativa à atividade e gestão da Câmara Municipal”, declarou em comunicado, acrescentando que “este estudo revela a excelente evolução que o município de Murça tem feito no sentido de prestar uma boa comunicação para o exterior, assente num trabalho sério, rigoroso e transparente com vista a um maior e melhor diálogo, participação e cidadania”.