Assembleia Municipal do Peso da Régua aprova plano e orçamento para 2022

0

A Assembleia Municipal do Peso da Régua aprovou por maioria o Plano e Orçamento para 2022, com um investimento previsto em obra e na melhoria da qualidade de vida das pessoas, na ordem dos 28 milhões de euros.

José Manuel Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal do Peso da Régua apresentou as linhas estratégicas do documento, sublinhando que o mesmo reflete uma dinâmica de continuidade, uma estratégia de afirmação do concelho.

A reabilitação do Hospital D. Luiz I está em curso. A requalificação da Av. ª Dr. Manuel de Arriaga avança. A par destas obras, avança também a recuperação do Balneário Termal das Caldas do Moledo, a qual faz parte do projeto global de requalificação do Complexo Termal.

A estas obras, já em curso, junta-se o compromisso na área da habitação, com enfoque no 1.º Direito, que permitirá um investimento na ordem dos 14 milhões de euros, canalizados para a reabilitação do parque habitacional.

Ultrapassadas as condicionantes impostas nos últimos dois anos, em 2022 será feita uma aposta clara no desenvolvimento sustentável do concelho, que cruza planeamento, mobilidade, reabilitação urbana, coesão social e territorial, bem como a promoção turística, transversal a todo o território concelhio.

Após o investimento feito na criação de um parque escolar de excelência, a Câmara Municipal do Peso da Régua investe na melhoria da qualidade do ensino e na garantia de condições de igualdade aos estudantes. As Bolsas de Estudo são um grande exemplo da forma como esse compromisso tem sido cumprido.

Com os olhos postos no futuro, José Manuel Gonçalves espera que em 2022 a pandemia permita recuperar eventos de referência, que promovam a captação de públicos e, dessa forma, dinamizar a economia local. A Meia Maratona do Douro Vinhateiro, o Douro Granfondo, o Campeonato do Mundo de ENDURO e a Douro Wine City são exemplos dos eventos que se pretendem colocar no calendário.

“O planeamento estratégico, responsável e adequado às necessidades reais da população, tem permitido consolidar o investimento e fazer de Peso da Régua, um território competitivo, onde todos contam. É neste caminho que nos iremos manter”.