Carlos Silva afirma que concelho quer “ser parte da solução para o nosso País”

O Presidente da Câmara Municipal de Sernancelhe publicou um comunicado nas redes sociais onde agradece “a participação de todos (na operação de testagem em massa) e o enorme contributo que deram à saúde pública do concelho”, apelando ainda à responsabilidade de todos para controlar a pandemia Covid-19.

A operação de testagem em massa à Covid-19 que o concelho realizou, quase 4 mil testes, permitiu identificar um total de 156 casos positivos, a quem o município deseja um “pronto restabelecimento”.

Carlos Silva afirma que “esta ação de testagem não foi um ponto final. Foi apenas uma etapa. Uma etapa em que confirmamos que ninguém está imune à Covid-19”, razão pela qual os testes continuarão no concelho “na Unidade Móvel de Saúde, pelos enfermeiros do projeto Aldeias Humanitar”.

O autarca sernancelhense apela ainda aos seus munícipes que “ao mínimo sintoma que tenham, contactem a Proteção Civil Municipal” para assim serem realizados os devidos testes de despistagem.

“Firmeza, pioneirismo e verdade têm marcado a nossa postura desde que a pandemia da Covid-19 chegou a Portugal. Fomos o primeiro Concelho do País a apostar na testagem em massa a toda a população. Não hesitamos no combate a esta doença e fazemos todos os esforços para proteger a saúde e o bem-estar de todos vós.

Razão pela qual não podemos facilitar. Não podemos falhar. Temos de ser todos responsáveis e assumir que queremos acabar com a Covid-19 no nosso Concelho, na região e no País. E é possível conseguirmos este grande objetivo. Se cada um fizer a sua parte, acreditamos que no final de fevereiro poderemos ter o Concelho de Sernancelhe numa situação normalizada e assim estar preparados para controlar qualquer surto de possa surgir. Com esta atitude queremos ser parte da solução para o nosso País!”, termina Carlos Silva.

,