Sernancelhe coloca 26 oleões no concelho para reciclagem de óleos alimentares usados

O Concelho de Sernancelhe conta agora com 26 oleões para recolha e reciclagem dos óleos alimentares usados.

A iniciativa, que abrange todas as freguesias e localidades, tem como objetivo a correta separação e deposição deste tipo de óleos domésticos, a recolha seletiva, o transporte e o encaminhamento para tratamento. O destino final destes óleos é a reciclagem para produção de biodiesel.

O objetivo do Município é ainda garantir aos munícipes um serviço de que não dispunham e dar mais um importante contributo para a sustentabilidade ambiental do Concelho. Daí que tenha assumido integralmente o custo anual por oleão instalado, na certeza de que o investimento é justificado pelos benefícios que trará para as atuais e futuras gerações.

Aos munícipes é pedido apenas que depositem as garrafas de óleo alimentar usado, devidamente fechadas, nos depósitos de cor azul que se encontram nas suas freguesias.

A prestação de serviços será assegurada pela empresa HARDLEVEL – ENERGIAS RENOVÁVEIS, SA., um operador de gestão de resíduos cuja atividade principal é a gestão de Óleos Alimentares Usados (OAU) ao abrigo da vigente acreditação pela International Sustainability & Carbon Certification – ISCC-EU. A empresa, que é líder em Portugal na gestão de OAU, assegurará a colocação, gestão e manutenção de todos os oleões, incluindo o serviço de recolha dos óleos e a limpeza e higienização dos equipamentos.

Estes oleões, para além de garantirem aos sernancelhenses que todos os óleos alimentares usados produzidos em suas casas têm agora um destino correto e amigo do ambiente, estão equipados com um sistema de sensorização que permite que os mesmos sejam monitorizados em tempo real, sabendo-se qual o estado de enchimento do oleão, o número de depósitos que foram lá colocados e ainda um sistema de identificação para interação com os utilizadores através de aplicação móvel.

Os sensores aplicados nos oleões estão ligados em rede móvel garantindo a recolha de dados em tempo real, o que aciona a gestão das rotas e recolhas, ou seja, a Hardlevel saberá sempre quando os oleões estão cheios e procederá de imediato à sua substituição.

O Sistema Simples Smart (S+) permite ainda a interação com os utilizadores/munícipes, através de uma aplicação móvel, em que dá incentivos a quem separar corretamente e encaminhar os óleos para estes depósitos de 200 litros de capacidade, de cor azul, que agora estão em todas as freguesias e localidades.

A Hardlevel acordou ainda com o Município desenvolver anualmente uma estratégia de sensibilização, que poderá incluir ações junto das escolas e dos munícipes, por forma a incentivar a utilização destes equipamentos e a importância de os óleos alimentares usados poderem ser reciclados.

,