Campanha “É Nosso” cumpriu objetivos do município

Terminou a edição de Verão da campanha “É Nosso” de incentivo e apoio ao comércio local. As cinco etapas da iniciativa da Câmara Municipal cumpriram os objectivos e os números apontam para um total de mais de 50 mil euros em vales de compras atribuídos.

A 5ª campanha de apoio ao comércio local – “É Nosso Verão” –, válida de 1 de Junho a 4 de Julho de 2021, registou 267.340,68 euros de compras efetuadas o que se traduz na atribuição de 13.082,50€ de vales de compras para o comércio no concelho.

Recorde-se que a campanha “É Nosso” foi lançada em Maio de 2020 pela Câmara Municipal de Tabuaço e contemplou 5 etapas, com maior incidência na época de natal. Incentivar ao consumo e à recuperação da sustentabilidade dos agentes económicos do concelho de Tabuaço foi um dos principais objectivos do Município que hoje, contas feitas, assume que todos os propósitos do programa “É Nosso” foram atingidos, invertendo, de alguma forma, os efeitos da pandemia nas atividades económicas locais.

“Chegar ao final desta iniciativa e termos a noção que conseguimos verdadeiramente ajudar os nossos agentes locais, é termos também a noção que o principal objectivo da campanha foi cumprido”, refere Carlos Carvalho, presidente do Município, assumindo ainda que “a Campanha É Nosso tinha tudo para dar certo, a começar pelo intuito da Câmara Municipal de a disponibilizar como um apoio não só para os agentes económicos mas também para a própria população, numa altura em quem já começávamos a antever os prejuízos que a pandemia traria. O balanço não podia ser mais satisfatório, fechamos com números que apontam, nas cinco etapas, para a atribuição de 51.845,00€ em vales, registando-se 1.040.284,45€ de compras efectivadas no concelho de Tabuaço”.

Os vales de compras “É Nosso Verão” ainda podem ser gastos no comércio local até 30 de Setembro não estando descartada a possibilidade de uma nova campanha para a quadra de natal, num altura em que o Executivo Municipal tem a decorrer outra iniciativa de retoma para o setor turístico: “Em Tabuaço Não Há Duas Sem Três”.

,