Conselho Municipal de Turismo para desenvolver setor

A Câmara Municipal de Tabuaço criou recentemente o Conselho Municipal de Turismo. Com o regulamento já aprovado, este órgão reuniu pela primeira vez no final de setembro.

Esta primeira sessão, que teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho contou com a maioria dos agentes turísticos do concelho de Tabuaço, representantes de empreendimentos turísticos, Unidades Hoteleiras e Alojamento Local, Restauração, Artesãos, Produtores Vinícolas, Associações e Presidentes de Junta.

O CMTT será um órgão de natureza consultiva, de articulação e cooperação nos vários sectores e segmentos do Turismo, com o objectivo de qualificar o Concelho de Tabuaço como destino turístico de excelência na Região do Douro.

A este Conselho, que passará ainda por uma fase de eleição dos elementos representantes, caberá favorecer a capacidade turística intrínseca de Tabuaço, promover a  participação e o envolvimento dos agentes turísticos no desenvolvimento integrado e sustentável do Concelho, contribuindo, assim, para a valorização da oferta turística e a consequente promoção do território. Numa Região onde a oferta é grande, ao CMTT caberá ainda consolidar estratégias para a inovação, competitividade e crescimento do sector no concelho de Tabuaço.

“A ideia é termos aqui um órgão que permita, em primeiro lugar, perceber onde estamos, qual é o nosso lugar, seja na perspetiva local ou, mais alargada, a nível regional. Perceber o que vai sendo feito, quer pelo setor público, quer pelo privado e estabelecer estratégias evitando assim que seja o próprio município a delinear essas mesmas estratégias”, afirma Carlos Carvalho, o autarca tabuacense em declarações ao VivaDouro.

Para o autarca “a ideia é ouvir, conversar e delinear caminhos em conjunto. Quem está no terreno diariamente tem uma perspetiva muito mais acertada do que nós, apesar de conhecermos bem o território as visões são diferentes. Se conseguirmos trabalhar em rede as coisas correrão, sem dúvida, melhor”.

,