Detido por burla de 20 mil euros

Um homem, de 61 anos, foi detido em Torre de Moncorvo, suspeito do crime de burla qualificada.

De acordo com um comunicado enviado, pela Polícia Judiciária à comunicação social, o homem apresenta-se como advogado mas não tem nenhuma ocupação laboral.

O suspeito é acusado de se apropriar de 20 mil euros que lhe foram entregues por outro homem, de 58 anos, para que o arguido lhe viabilizasse uma pensão por invalidez, junto dos Serviços da Segurança Social locais.

O arguido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

,