65 infetados no Lar da Misericórdia

Depois de ontem ter registado o primeiro falecimento por Covid-19 na região, o Lar da Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Foz Côa ficou conhecer, durante a noite, o resultado dos restantes testes efetuados a utentes e funcionários, com um total de 65 infetados.

Do total de infetados 47 são utentes e 18 funcionários, havendo apenas 11 utentes sem infeção.

Como já tinha sido noticiado ontem, os utentes que não apresentem sinais de infeção serão transferidos para o Centro de Alto Rendimento no Pocinho.

Já esta manhã o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Foz Côa, António Morgado, solicitou apoio do Governo para a transferência dos infetados para um hospital, caso não aconteça “irão para umas instalações que a autarquia cedeu”.

Para o provedor, uma das situações que o preocupa é a falta de funcionários. Com mais de metade da equipa infetada, em isolamento, António Morgado assume que não consegue “tomar conta de tantos idosos, em especial quando na sua maioria estão acamados ou com mobilidade reduzida”.

,