Vila-realense organiza recolha de donativos para Moçambique

A distância que separa Vila Real da cidade da Beira, em Moçambique, parece tão grande como a vontade de Ana Borges em ajudar os habitantes daquela região, afetados pelo furacão Idai.

Ana Borges é uma das três mulheres que integrou o projeto “Ajuda-me a construir uma escola em Moçambique”, tendo já visitado o país africano aquando da inauguração da primeira escola.

Ao VivaDouro, Ana afirma que perante a tragédia não consegue ficar indiferente e, sabendo que a ONG Helpo (com quem trabalhou no projeto das escolas), estaria a organizar uma recolha de bens, iniciou uma recolha na cidade transmontana.

“Já estive em Moçambique uma vez e sei bem a realidade daquelas pessoas. Criei o grupo para que a mensagem chegue a um maior número de pessoas e para que todos juntos sejamos capazes de minimizar a perda total de tudo o que tinham. A mim ,pessoalmente custa me ver aquelas imagens na televisão. Como ser humano que sou sinto que tenho de fazer algo . Hoje eles ,amanhã poderemos ser nós”.

Os donativos devem ser entregues na loja “Paulo Catalão Fotógrafos”, até ao próximo dia 28 de março (quinta-feira).

,