Candidaturas ao Orçamento Participativo da Freguesia de Vila Real já estão abertas

Já estão abertas as candidaturas à quarta edição do Orçamento Participativo da Freguesia de Vila Real. Este ano, a grande novidade é a atribuição de uma verba de oito mil euros a cada um dos dois projetos que serão apresentados e escolhidos pelos cidadãos ou associações da Freguesia.

As candidaturas podem ser submetidas através de um formulário que está disponível em www.freguesiadevilareal.pt, até ao dia 28 de setembro de 2018. As ideias e propostas apresentadas deverão ser executadas no território da Freguesia de Vila Real, durante o ano de 2019. A candidatura deverá corporizar uma ideia e/ou projeto inédito e nunca implementado na Freguesia e deverá ser acompanhada de um esboço de cronograma de execução e do respetivo orçamento.

“Apelamos, mais uma vez, à participação de todos aqueles que têm ideias e projetos inovadores para a nossa Freguesia e que querem, por essa via, contribuir para o bem-estar da nossa comunidade. O Orçamento Participativo é uma forma de promover o sentido de comunidade, a participação cívica dos cidadãos e do tecido associativo”, afirma o Presidente da Freguesia de Vila Real, Francisco Rocha. Recorde-se que a Freguesia de Vila Real foi a primeira do Distrito a implementar um Orçamento Participativo, de forma consecutiva desde 2015, e por esse motivo ser reconhecida como um “motor de cidadania”.

Francisco Rocha sempre defendeu que esta iniciativa “é uma forma de incentivar a participação plural dos Vila-realenses, ao mesmo tempo que acentua a relação de proximidade da autarquia de freguesia com os seus eleitores”. Afirma também que, em sua opinião, esta iniciativa “é uma forma de concretizarmos políticas públicas adequadas às necessidades dos nossos cidadãos e em concordância com as suas opiniões”, afirma o Presidente da Freguesia de Vila Real.

Na última edição, foram apresentadas dezenas de propostas por cidadãos e associações da Freguesia, sendo que a escolha recaiu em projetos ligados à promoção da educação musical, atividades para a terceira idade, intervenção psicomotora para crianças e dinamização cultural de espaços públicos.

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *