Cartazes de Rui Santos vandalizados

Nos últimos dias, diversos cartazes da candidatura Avançar +, liderada pelo atual autarca vila-realense, têm sido vandalizados em vários locais. Mouçós, Constantim e Vila Real são as três freguesias onde esses atos de vandalismo foram detetados.

“Estranhamente os cartazes da nossa candidatura têm aparecido vandalizados, em Mouçós os cartazes apareceram com buracos no meio, em Constantim foram riscados e rasgados e aqui na cidade, como todos viram, foram pintados. É um ato de vandalismo mas é também um ato de quem não convive bem com a democracia. Podemos ter ideias diferentes mas devemos respeitar-nos mutuamente”, afirmou Rui Santos após ter, pessoalmente, trocado um dos cartazes destruídos.

“Fazemos isto para mostrar que não nos intimidam, nem nos silenciam. A nossa mensagem é de alegria e felicidade”, concluiu.

O facto de, em alguns cartazes, ter surgido a palavra “estudantes” não é significativo para Rui Santos, “não quero acreditar que os estudantes fossem instrumentalizados para fazer isto, acho que têm a capacidade para não se deixarem instrumentalizar por nenhuma força política. Não me parece que tenham algo a ver com esta situação, isto é muito mais do que isso, senão como é que têm inclusivé desaparecido alguns cartazes?”

Para Francisco Rocha, candidato à Junta de Freguesia de Vila Real, que também se juntou a Rui Santos nesta iniciativa, “as eleições autárquicas são a festa da democracia, e é isso que estamos aqui a demonstrar, estamos pela positiva, para fazer avançar Vila Real. Isto são apenas atos de cobardia”

,