Incêndio volta a encerrar Túnel do Marão

O Túnel do Marão esteve encerrado esta manhã, novamente, devido a um incêndio num automóvel na galeria sul (sentido Amarante-Vila Real), informou a concessionária Infraestruturas de Portugal (IP).

 O alerta foi feito às autoridades às 11:52 tendo a infraestrutura sido encerrada nos dois sentidos de forma a facilitar as operações de socorro e a passagem dos meios através da galeria norte.

Segundo as declarações do comandante da corporação da Cruz Branca de Vila Real, Orlando Matos, à agência Lusa, à chegada ao local os bombeiros ajudaram à consolidação do combate ao fogo que estava já a ser combatida pelo proprietário da viatura com recurso a um extintor e o apoio do operador da equipa móvel afeta à infraestrutura.

O encerramento do túnel levou a que o acesso ficasse congestionado pelos carros que seguiam em viagem, obrigando os bombeiros a aceder ao local por uma entrada lateral no sentido Vila Real-Amarate, acedendo depois ao local da ocorrência através de uma passagem de emergência. Esta situação desagradou ao comandante Orlando Matos que manifestou o seu desagrado pela falta de civismo dos condutores ao não deixarem uma faixa livre para a passagem dos veículos de socorro.

O protocolo de Emergência Interno foi ativado tendo o incêndio sido dado como extinto pelas 12:15, reabrindo o túnel já perto das 13:00 horas.

Este é já o terceiro incidente do género que ocorre dentro do túnel em menos de um ano.

De recordar ainda que após o primeiro incidente foi aberto, o secretário de Estado da Proteção Civil ordenou a realização de um inquérito pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) e as conclusões apontam para uma revisão dos procedimentos para agilizar a chegada dos meios.

Na sequência do relatório o Governo pediu ainda a revisão dos planos de Emergência Interno do e de Intervenção no Túnel do Marão, até 31 de março, e ainda a elaboração de um Plano de Prevenção, e a posterior realização de um simulacro de incêndio.

,