Passageiros de autocarro ardido ainda sem indemnizações

Os passageiros do autocarro que ardeu no túnel do Marão em Junho ainda não receberam qualquer indemnização por parte da seguradora.

O incidente aconteceu há mais de cinco meses quando um autocarro da empresa Rodonorte, em serviço entre Braga e Vila Real, se incendiou em pleno Túnel do Marão. Obrigados a sair de emergência, nenhum dos ocupantes conseguiu salvar os seus pertences estando desde então a aguardar o pagamento dos respetivos valores.

Segundo as vítimas, desde a data do incidente que a seguradora Fidelidade tem colocado diversos entraves ao pagamento das indemnizações. “Fomos obrigados a apresentar faturas de tudo o que levávamos ou, de outra forma, avisaram logo que não pagavam. Agora, estão constantemente a adiar o pagamento”, relatou ao Correio da Manhã uma das vítimas, que pediu para não ser identificada.

Até ao momento, por parte da seguradora não é avançada qualquer explicação para o atraso nem a garantia de quando o pagamento será feito.

Lembramos que, após o incidente, o Túnel do Marão este encerrado durante uma semana para obras de reparação na estrutura que ficou afetada pelas chamas.

liga Amarante, no distrito do Porto, a Vila Real, esteve fechado durante uma semana para obras, após o incêndio. A travessia foi inaugurada em maio do ano passado.

,