Prisão preventiva por matar primo

Na noite de passagem de ano, Diamantino Dinis assassinou o primo, Emílio Dinis, na aldeia de Lamas de Olo com um tiro de caçadeira à queima-roupa.

O autor dos disparos, com 68 anos, foi ontem (dia 2), levado ao Tribunal de Vila Real, para primeiro interrogatório judicial, que decretou a sua prisão preventiva.

O crime ocorrido na noite de passagem de ano foi o culminar de vários anos de desavenças familiares entre os dois homens.

Na chegada ao tribunal, Diamantino Dinis foi alvo de diversos insultos por parte dos muitos populares que se juntaram nas imediações do tribunal.

,