UTAD assinou “declaração de compromisso” para a Administração Pública

As lideranças de vinte e três instituições, entre as quais a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), assinaram uma declaração de compromisso com vista à implementação de um “Plano de Trabalho Colaborativo na Administração Pública”, uma prática considerada essencial num contexto de contingência em que são necessárias respostas rápidas e colaborativas.

O documento, assinado em representação da reitoria da UTAD pelo Vice-reitor Artur Cristóvão, sublinha que “o contexto atual reforça a premência de mudar o funcionamento da Administração Pública, desenvolvendo a capacidade de responder a desafios com prontidão e sustentabilidade”. Considera-se assim que, para preparar um futuro cada vez mais mutável e incerto, é necessário aprofundar modelos de colaboração flexível na gestão pública, impondo-se soluções de ajuda recíproca para alcançar objetivos comuns.

A declaração de compromisso que este conjunto de instituições da Administração Pública assinou, e que pretende vir a alargar a um universo mais vasto, propõe uma prática futura assente “menos da prescrição e mais na informalidade, menos nas normas e mais na atuação pautada por princípios de ética de serviço público, menos nas permissões prévias e mais na proatividade e autonomia, menos na autoridade e mais na legitimidade fundada na capacidade de concretização de respostas necessárias”.

,