Editorial – janeiro 2023

0
editorial

Estimados Leitores,

Termos expectativas de crescimento da economia, afastando-se assim o cenário de recessão na Europa é uma notícia muito boa.

O ambiente externo é muito complexo. Uma guerra a decorrer às portas da Europa; uma evolução económica e social complexa na China e na India e uma cada vez maior imigração proveniente dos países de Africa e da América do Sul faz com que as incertezas sejam muitas e a necessidade de tomar medidas preventivas seja grande.

Num cenário como o atual, com a inflação muito maior do que as subidas de preços dos salários e com a consequente quebra no poder de compra das famílias é um verdadeiro milagre económico a capacidade de não entrarmos em recessão.

Será que estamos a ser conduzidos por verdadeiros crentes ou são expectativas irrealistas que nos são apresentadas?

 No início do Fórum Econômico Mundial, em Davos foram apresentadas previsões da maior parte dos executivos e economistas de que uma recessão global é bastante provável este ano. A nossa comunicação social preferiu destacar as declarações do Sr. Governador do Banco de Portugal: “Davos. Centeno acredita que Europa escapa à recessão”. Nestas declarações, refere que também o 4º trimestre de 2022 se esperava que fosse já recessivo, mas, na verdade, é de aumento da economia. E argumenta que uma vez que tal aconteceu no 4º trimestre também pode acontecer no 1º de 2023.

Resolver ignorar que a PricewaterhouseCoopers apresentou, em Davos, os resultados de um questionário a 4.410 líderes empresariais entrevistados entre em outubro e novembro, em que 73% opinam que o crescimento global vai diminuir nos 12 meses seguintes e que este foi o resultado mais pessimista desde que esta consultora iniciou esta pesquisa anual em 2011 é uma opção perigosa para os investidores e empresários.

Por isso devemos estar atentos, conscientes que não será tão mau como alguns pintam, mas que também não nos espera um mar de rosas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui