Tiago Monteiro desiste nos primeiros metros da corrida

Tiago Monteiro foi o único piloto português nas provas do WTCC em Vila Real

Tiago Monteiro foi o único piloto português nas provas do WTCC em Vila Real

A segunda corrida do campeonato do mundo de carros de turismo em Vila Real ficou marcada pelo acidente que obrigou Tiago Monteiro (Honda) a abandonar a pista. O dia começou com uma vitória “confortável” do argentino José Maria López (Citroen), na segunda corrida foi o chinês Ma Qing Hua (Citroen) que conseguiu o primeiro lugar do pódio.

Depois de ter ficado em quinto lugar na primeira prova, o piloto português da Honda, partiu do quinto posto para a segunda corrida, mas as suas esperanças de chegar ao pódio foram por água abaixo quando bateu contra o muro de betão depois de ter ficado entre dois Ladas nos primeiros metros da corrida.

Tiago Monteiro acabou por confessar que o incidente foi “muito muito frustrante”, admitiu o piloto em conferência de imprensa. Acrescentando ainda que conseguiu ver a possibilidade de chegar ao pódio se tivesse conseguido passar entre os dois carros, “teria sido um bom desfecho do fim-de-semana, principalmente para agradecer às pessoas o fantástico apoio durante toda a semana”, confessou.

Em relação ao circuito de Vila Real, onde nunca tinha competido anteriormente, o piloto considera que “é um circuito muito exigente. Ouvi imensas histórias acerca do traçado e agora consigo entender porque é que toda a gente fica entusiasmada com ele”, afirmou.

DSC_0844

José Maria López conquistou o primeiro lugar do pódio na primeira corrida

José Maria López arrancou da “pole position” na primeira corrida, acabando por conseguir a sua sexta vitória na época e desta forma consolidar a liderança do campeonato. O piloto argentino completou as 13 voltas ao circuito vila-realense em 26.23,906 minutos.

“É um circuito muito difícil. Temos de nos manter alerta durante toda a corrida, visto que qualquer toque pode deitar tudo a perder. Felizmente tudo correu bem, mas foi mesmo difícil, pois não sabíamos como iria reagir o carro ao longo de tantas voltas com os mesmos pneus”, declarou o piloto na conferência de imprensa.

Em segundo lugar acabou Sébastien Loeb (Citroen), com uma diferença de 1,519 segundos. O húngaro Norbert Michelisz ocupou o terceiro lugar do pódio a 5,391 segundos do vencedor.

DSC_1323

Ma Qing Hua foi o vencedor da 2.ª corrida do WTCC em Vila Real

Beneficiado pela regra de inversão dos 10 primeiros lugares da grelha de partida para a segunda corrida, o piloto chinês Ma Qing Hua (Citroen) acabou por se consagrar vencedor. Esta vitória dá continuidade ao domínio da parte da Citroen, que em 16 provas conseguiu 14 vitórias, na época que está a decorrer.

O segundo lugar ficou a cargo de outro piloto da marca francesa, o francês Ivan Muller, já no terceiro lugar do pódio ficou Gabriele Tarquini (Honda), colega de equipa de Tiago Monteiro.

Contas feitas, o fim-de-semana revelou-se positivo para o piloto argentino que segue em primeiro lugar com 322 pontos. Seguido do francês Ivan Muller (267) e do terceiro classificado Sébastien Loeb (230).O piloto português Tiago Monteiro caiu para sétimo lugar, tendo sido ultrapassado pelo húngaro Norbert Michelisz (Honda), por Gabriele Tarquini e pelo vencedor da segunda corrida, Ma Qing Hua.

 

, , , , , ,