“A Mais Bela Corrida do Mundo” volta a bater recorde de participação com mais de 20 mil atletas

Mais de 20 mil atletas participaram na Meia Maratona do Douro/ Foto: Salomé Ferreira

A GlobalSport organizou a 12.ª edição da EDP Meia Maratona Douro Vinhateiro, no dia 28 de maio, prova que a organização classifica como “um sucesso absoluto”, tendo contado com mais de 20 mil participantes. Licínio Pimentel e Catarina Ribeiro venceram esta edição da prova.

O relógio marcava as 10h30 da manhã e a Barragem de Bagaúste, em Peso da Régua, estava repleta de atletas quando suou o tiro de partida para a 12.ª edição da Meia Maratona do Douro Vinhateiro.

Foram mais de 20 mil as pessoas que participaram nesta edição da “Mais Bela Corrida do Mundo”, números que revelam um crescimento no número de inscritos em relação à prova do ano anterior.

De acordo com Paulo Costa, diretor executivo da Global Sport, para além do crescimento registado na Meia Maratona (21km) e na Mini Maratona (6km), também a Meia Maratona de 21 Km em Cadeira de Rodas contemplou um maior número de participantes, com mais de 100 atletas inscritos.

Paulo Costa sublinha que esta edição da EDP Meia Maratona Douro Vinhateiro “foi um sucesso absoluto, uma manhã magnífica com o verdadeiro espirito que pretendemos trazer ao país que é celebrar o território”.

“São 12 anos na construção de um sonho que hoje é uma realidade”, afirmou o dirigente, ao relembrar que “tudo começou no Douro”. Uma vez que a Meia Maratona do Douro Vinhateiro foi a primeira prova oficial Running Wonders – Circuito de Meias Maratonas em Patrimónios Mundiais a ser realizada.

“O Douro é especial não só porque é a Região Demarcada mais antiga do mundo, mas é reconhecidamente um dos cenários paisagísticos mais deslumbrantes que o planeta tem. Foi construída pelo homem, tem uma paisagem humanizada, este reino maravilhoso, como Torga tão bem o patenteou, é-o porque, realmente, esta paisagem que é colorida com o verde das montanhas, mas ainda mais colorida com o sorriso de milhares de pessoas, transforma esta simbiose entre natureza e humanidade numa coisa única”, ressalvou Paulo Costa.

Rosa Cruz participou na Mini Maratona com um grupo de amigos/ Foto: Salomé Ferreira

A beleza ímpar das paisagens do Douro é a principal característica apontada pelos atletas que participam na prova.

“Adoramos participar porque nos proporciona um fim-de-semana fantástico entre amigos a comer e a beber muito bem e depois porque a paisagem é fantástica, nunca caminhei num sítio tão bonito como este”, afirmou Rosa Cruz, participante proveniente do Porto, enquanto parava com os colegas para “abastecerem” os copos com o néctar da região, nos famosos postos de abastecimento de Vinho do Porto que os atletas já se habituaram a encontrar durante a prova.

Carlos Nunes, atleta de Viseu, costuma participar na Meia Maratona do Douro, no entanto, desta vez, optou por realizar a Mini Maratona para ter oportunidade de apreciar a paisagem de outra forma.

Posto de abastecimento de Vinho do Porto já é tradição na “Mais Bela Corrida do Mundo” / Foto: Salomé Ferreira

“Normalmente quando vamos a correr temos de ir mais rápido e não conseguimos ter a perceção da beleza desta paisagem, assim desta vez decidi participar na Mini Maratona e apreciar mais a região”, confessou ao VivaDouro.

Alexandra Fernandes participou pela quarta vez na Meia Maratona e sublinha que “o Douro é muito especial, as encostas do Douro são magníficas”, disse a atleta na chegada à meta.

Alexandra Fernandes, participante, sublinha a beleza das paisagens durienses/ Foto: Salomé Ferreira

Para além da beleza da região, os atletas apontam também a “camaradagem” e o espirito de festa vivido na prova como pontos positivos da Meia Maratona do Douro.

“Esta prova tem um percurso magnífico, uma organização incrível, muito público, um ambiente muito propício a quem corre e a quem caminha, acho que tem reunidas todas as condições para se fazer uma prova fantástica”, afirmou Manuel Mendes, atleta de Guimarães.

Licínio Pimentel, vencedor masculino da Meia Maratona do Douro/ Foto: Sofia Costa

Licínio Pimentel e Catarina Ribeiro vencem a Meia Maratona do Douro

Licínio Pimentel foi o atleta que venceu a Meia Maratona – Masculino, com 01:06:50. Catarina Ribeiro foi a atleta feminina que se sagrou vencedora (01:12:12) e Alexandrino Silva o vencedor na categoria de Cadeira de Rodas (00:50:17).

“É sempre bom quando se ganha, mas ficar na história como um dos vencedores deste grande evento desportivo é sempre bom”, afirmou Licínio Pimentel ao VivaDouro.

Apesar de em competição não ter “muita oportunidade de desfrutar da paisagem”, o atleta considera que “é muito agradável correr no Douro”, especialmente devido à “moldura humana que nos vai a acompanhar ao longo do percurso”.

Catarina Ribeiro venceu na categoria feminina/ Foto: Sofia Costa

Catarina Ribeiro, a atleta feminina vencedora, ficou “totalmente satisfeita” com o resultado da prova, sendo que a “grande dificuldade foi mesmo a temperatura” que se fez sentir ao longo da prova.

Alexandrino Silva venceu a Meia Maratona em cadeira de rodas/ Foto: Sofia Costa

Alexandrino Silva, vencedor na categoria de Cadeira de Rodas, não considera a prova difícil mas sim “rápida” e com um “trajeto muito bom”.

“A prova correu bem, normalmente tenho vencido todos os anos. No ano passado até fiz um recorde nacional de 46 minutos e 15 segundos. Este ano fiz 50 minutos e vim para ganhar, não vim para bater recorde, mas correu bem”, afirmou ao VivaDouro.

 

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,