Douro Granfondo bateu recorde de participações

Douro Granfondo passou por vários concelhos / Direitos Reservados

Douro Granfondo passou por vários concelhos / Direitos Reservados

O Alto Douro Vinhateiro recebeu no passado dia 3 de maio a maior prova de ciclismo para todos já realizada em Portugal. Foram mais de dois mil os atletas que participaram na prova, constituída por uma prova principal, a Granfondo (174 km), uma prova mais curta, Mediofondo (110 km) e a Douro Granfondo Gourmet (15 km), uma novidade realizada pela primeira vez nesta edição.

O relógio marcava poucos minutos depois das nove da manhã quando soaram os sons de partida. Nesta altura partiram da Avenida do Douro, no Peso da Régua, cerca de 2000 ciclistas do Granfondo e do Mediofondo, preparados para conhecer em duas rodas a zona denominada como Património Mundial. A prova passou por vários concelhos da região, entre eles São João da Pesqueira, Carrazeda de Ansiães, Alijó, Sabrosa, Pinhão, Tabuaço, Armamar e Lamego.

Cerca de trinta minutos após a partida das provas principais já estavam a postos os participantes da Granfondo Gourmet. Na linha da frente da partida estava um atleta pouco comum, o Rodrigo Vilas Boas, o ciclista mais novo entre os 109 participantes desta iniciativa.

Para além da grande afluência de participantes, nem o tempo chuvoso fez com que diminuíssem o número de pessoas nas ruas a assistir às provas. Perto da hora de chegada dos primeiros classificados da prova MedioFondo, eram centenas as pessoas que se encontravam no recinto na expetativa de receberem o primeiro atleta a cortar a meta.

A vitória foi disputada até ao último instante entre Jorge Salgado e Patrick Videira, tendo sido o primeiro que acabou por se consagrar vencedor da prova Mediofondo. O último quilómetro da prova ficou marcado por um sprint “delicioso”, tendo sido assim que o comentador do evento, classificou este momento, acrescentando que já “não havia memória de um sprint assim”.

Três horas, 27 minutos e 47 segundos, foi esta a fórmula da vitória da prova Mediofondo para Jorge Salgado, que ficou com apenas um segundo de diferença para o segundo classificado, Patrick Videira.

 “Foi até ao risco”, confessou o ciclista na chegada, ao mesmo tempo que falava das dificuldades que sentiu ao longo da prova, revelando que houve uma altura em que o segundo classificado chegou a ter dois minutos e 20 segundos de vantagem.

, , , , , , , , , , , , ,