Feira do Azeite e do Vinho decorre em Murça até domingo

Helena Mesquita Ribeiro, Secretária de Estado da Justiça, marcou presença na inauguração do certame/ Foto: Ana Portela

Helena Mesquita Ribeiro, Secretária de Estado da Justiça, marcou presença na inauguração do certame/ Foto: Ana Portela

Encontra-se a decorrer, até domingo, em Murça, a décima segunda edição da FAV – Feira do Azeite e do Vinho, certame que já é uma referência entre as feiras agrícolas da região Norte de Portugal. José Maria Costa, presidente do município, tem as “expetativas elevadas” para este evento.

Durante três dias, as instalações da Escola EB 2,3 e Secundária de Murça, vão ser o palco da décima segunda edição da FAV, certame onde o azeite e o vinho são reis.

José Maria Costa, presidente do município, revela que as “expetativas são elevadas” para a edição deste ano da feira, “na avaliação que temos feito das edições anteriores, temos registado sempre um aumento de procura de expositores portanto é sinal de que é rentável para os expositores virem aqui à feira de Murça”, revelou o edil aos jornalistas aquando da inauguração do evento.

Entre o azeite, o vinho, os enchidos e o artesanato, são mais de 70 os expositores presentes na feira, provenientes não só do concelho mas também de outras zonas, “no nosso ponto de vista também é importante que venham outros produtores que sirvam também um pouco de exemplo para os nossos empreendedores”, explica José Maria Costa.

Helena Mesquita Ribeiro, Secretária de Estado da Justiça, marcou presença na inauguração do certame, onde revelou que Murça será uma das localidades onde vai ver reaberto o tribunal para “a prática de atos judiciais”, revelou aos jornalistas à margem da inauguração do certame.

“Discordamos da distância em termos de acessibilidade à justiça, que este modelo trouxe nas zonas do interior como aquela que nos encontramos”, disse a Secretária de Estado, ao acrescentar que se encontram a “ensaiar um conjunto de soluções que têm em vista aproximar a justiça das populações”.

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, vai apresentar dia 24, no Parlamento, os “ajustamentos” ao mapa judiciário.

 

, , , , ,