Festa dos Saberes e Sabores do Douro levou mais de 30 mil visitantes a S. João da Pesqueira

Festa dos Saberes e Sabores do Douro levou mais de 30 mil visitantes a S. João da Pesqueira/ Foto: Salomé Ferreira

O concelho de São João da Pesqueira recebeu, ao longo de três fins-de-semana, a Festa dos Saberes e Sabores do Douro, um “evento crucial” para a economia local e para o turismo do concelho nesta altura do ano. 

“Este é um evento de extrema importância para o concelho e tem como objetivo promover a região do Douro, em especial o concelho de S. João da Pesqueira, divulgando os produtos agrícolas, o artesanato e a excelente gastronomia”, explicou ao VivaDouro Nuno Amaral, Técnico Superior do município de São João da Pesqueira.

Com as amendoeiras em flor como o “maior foco de atratividade do concelho e da região, sendo já um produto turístico de referência nesta altura do ano”, o evento levou ao concelho mais de 30 mil visitantes.

“Consideramos que pela quantidade de autocarros que pararam na vila (mais de 120), pelas entradas no salão de exposições e pelos expectadores nas atividades culturais, calculamos que nos visitaram mais de 30 mil visitantes. Estes são números que encorajam a organização, que procurará continuar a melhorar, a mostrar aos visitantes os recursos regionais, a gastronomia e o artesanato da região do Douro”, acrescentou Nuno Amaral.

O evento envolve locais de venda e exposição de produtos locais – pão, doces, vinho, azeite, enchidos, queijo e artesanato local – existindo também animação durante todos os dias do evento, nomeadamente através de Ranchos Folclóricos, Bandas Filarmónicas, Grupos de Cantares, Tunas e outros grupos musicais da Região do Douro.

Festa dos Saberes e Sabores do Douro levou mais de 30 mil visitantes a S. João da Pesqueira/ Foto: Salomé Ferreira

No total participaram 78 expositores, 40 produtores de produtos regionais, 35 artesões e 3 restaurantes no evento.

Os produtos endógenos ocuparam um lugar de especial destaque no certame, uma vez que “têm bastante procura para quem nos visita, e por esse motivo este ano tivemos mais 10 inscrições na área dos “produtos da terra”, tais como o vinho, o azeite, a amêndoa, o mel, os doces e outros produtos de excelência”, explicou o membro da autarquia.

“Fazemos um balanço bastante positivo porque tivemos mais expositores que o ano passado, mais vendas, mais visitantes do concelho e da região, mais excursões e mais refeições servidas. Pelos referidos indicadores, consideramos que foi um sucesso, sendo um evento consolidado e de referência na região”, afirmou Nuno Amaral.

Comissão de Festas Nossa Senhora dos Remédios também marcou presença no certame/ Foto: Salomé Ferreira

Nesta edição da Festa dos Saberes e Sabores do Douro a organização destaca a “participação das coletividades culturais do concelho”, a atuação do grupo de pauliteiros de Miranda do Douro, demonstração de aves de rapina e a mostra do cão de caça perdigueiro português.

Para além disso houve também “uma inovação na praça gastronómica, uma tasquinha com pratos de peixe do rio – Peixe D´oiro – confecionado pelos alunos da Escola Profissional do Alto Douro – ESPRODOURO”.

Por fim, “destacaríamos também a parceria que coexistiu durante o evento com o Museu do Vinho, promovendo-o no evento por colaboradores do Museu e brindando os visitantes ao Museu com a oferta de um cálice de vinho do Porto”, concluiu Nuno Amaral.

, , , , ,