Marcelo sugere criação de Unidade de Missão para o Douro

Marcelo Rebelo de Sousa em visita ao Douro / Foto: Salomé Ferreira

Marcelo Rebelo de Sousa em visita ao Douro / Foto: Salomé Ferreira

Marcelo Rebelo de Sousa defendeu ontem durante a visita ao Douro, no âmbito da iniciativa “Portugal Próximo”, a criação de uma unidade de missão específica para a mais antiga região demarcada do mundo.

“Esta é uma ocasião única porque vem aí mais dinheiro de Bruxelas, no âmbito do Portugal 2020, e eu concordo que deve haver uma unidade de missão que olhe especificamente para os problemas do Douro”, revelou.

Sendo que de acordo com o Presidente da República, esta estrutura teria como missão “saber utilizar bem os fundos que vêm de Bruxelas no Douro, para fazer aquilo que é preciso fazer” e decidir “o investimento que é mais prioritário”.

“E vamos juntar esforços. A unidade de missão serve para isto, juntar esforços. Em Portugal somos capazes de um heroísmo e uma coragem e capacidade para resolver problemas mas, ao mesmo tempo, temos um defeito é que cada um puxa para seu lado de vez em quando”, sublinhou.

“É preciso que alguém coordene tudo, que fale com as autarquias, os produtores, os exportadores, a Comissão de Coordenação do Norte, os especialistas em turismo e ver o que é importante fazer”, referiu o Presidente.

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,