Meia Maratona do Douro bate recorde de participação com mais de 15 mil atletas

Paulo Costa e Ricardo Dias, vencedor da Meia Maratona/ Foto: Salomé Ferreira

Paulo Costa e Ricardo Dias, vencedor da Meia Maratona/ Foto: Salomé Ferreira

Peso da Régua recebeu ontem a 11.ª edição da Meia Maratona do Douro, prova que a organização classifica como a “melhor de sempre”, tendo recebido mais de 15 mil participantes. Ricardo Dias, atleta do Sporting Clube de Portugal, sagrou-se vencedor da Meia Maratona.

Foram mais de 15 mil as pessoas que participaram na Meia Maratona do Douro Vinhateiro, sendo que a Mini Maratona (6 km) teve mais de 8.500 inscrições e a Meia Maratona (21km) mais de 7 mil participantes.

A Meia Maratona em Cadeira de Rodas teve este ano nove participantes, número inferior ao do ano passado, sendo que Paulo Costa, diretor executivo da Global Sports, acredita que este facto se deve “às enormes dificuldades que se vive no desporto adaptado”, afirmou.

Para Paulo Costa, esta 11.ª edição foi “um sucesso absoluto”, tendo sido mesmo a “melhor edição de sempre”, declarou o dirigente. “Tem sido surpreendente de ano para ano sentirmos que estamos a alcançar novos patamares, a receber cada vez mais pessoas e acima de tudo a receber cada vez melhor e com mais dinâmica”, acrescentou.

Este evento trouxe até à região do Douro não só pessoas provenientes de outros pontos do país mas também participantes de todo o mundo, sendo que estiveram mais de 30 países representados nesta edição.

“Há gente de todo o mundo e isto mostra que a Mais Bela Corrida do Mundo está a chamar o planeta até si”, assegurou Paulo Costa.

Ricardo Dias vence a Meia Maratona do Douro

Ricardo Dias, atleta do Sporting, sagrou-se vencedor da Meia Maratona do Douro que teve ontem de manhã o tiro de partida na Barragem de Bagaúste, em Peso da Régua.

Uma hora e cinco minutos, foi a combinação vencedora do atleta que cruzou em primeiro lugar a meta da Meia Maratona. Ricardo Dias classificou este momento como “um sentimento de muita alegria”, revelou ao VivaDouro, minutos após terminar a prova.

“O meu objetivo era fazer um bom resultado, vinha com intenções de ganhar mas se não ganhasse queria chegar ao fim e pensar que tinha um bom resultado”, afirmou o atleta.

“Cheguei aqui e dei tudo, sofri muito na parte final mas acabei por ganhar”, acrescentou, ao mesmo tempo que dedicava a vitória aos “camaradas” do Regimento onde é Militar.

Marisa Barros foi a primeira mulher a cruzar a meta da Meia Maratona, com uma hora e 14 minutos.

Na Meia Maratona em Cadeira de Rodas foi Alexandrino Silva o vencedor, tendo completado a prova em 46 minutos e 15 segundos.

Veja a reportagem completa na edição de maio do VivaDouro.

 

, , , , ,