Ministra confirma 5M€ para Reserva Qualitativa em reunião com comércio e produção

Numa reunião que teve lugar ontem, 21/07, no Ministério da Agricultura, em Lisboa, entre a Ministra da Agricultura e os representantes do Conselho Interprofissional, Maria do Céu Albuquerque confirmou a verba de 5M€ para a reserva qualitativa e um aumento dos valores para a destilação de vinhos DOC e IG, anunciados em comunicado no passado sábado.

À saída da reunião, em declarações exclusivas ao VivaDouro, António Lencastre, mostrou-se satisfeito, desde logo pelo “reconhecimento demonstrado pela ministra quanto aos verdadeiros representantes da região, o Interprofissional”.

O representante da produção afirma ainda que saiu da reunião “convencido que as coisas estão no bom caminho”.

Tal como tinha avançado no passado sábado em comunicado, a ministra confirmou perante os elementos do interprofissional, António Lencastre e António Saraiva, o aumento para 5M€ do valor a atribuir para a reserva qualitativa, ficando agora “o IVDP com a responsabilidade de propor o formato da sua aplicação antes da reunião do Interprofissional”, que acontecerá na próxima quinta-feira, 23 de julho.

Para a destilação de crise os representantes da região obtiveram também a confirmação do aumento de valores para os 0,75€/litro nos vinhos DOC e os 0,65€/litro nos vinhos IG.

De acordo com as declarações de António Lencastre, “estes valores irão permitir uma maior adesão dos produtores da região o que se irá traduzir numa redução de stocks de vinho o que, por sua vez, irá também permitir uma estabilização dos preços dos vinhos que vinham a registar algumas quebras, tal como o preço da uva que não deverá sofrer cortes”.

António Saraiva, representante do comércio sublinhou ainda que “é importante registar que estas boas notícias surgem no seguimento da mobilização e do trabalho conjunto que tem sido desenvolvido pelo comércio e pela produção”.

Na reunião do próximo dia 23 (quinta-feira), será definido o quantitativo de mosto generoso autorizado (benefício), para a vindima de 2020.