Nervir com produtores do Douro Soul Wines na Alemanha

A Nervir – Associação Empresarial, esteve em Munique com os produtores Soul Wines para promover os vinhos do Douro e Porto no mercado alemão.  Esta Missão decorreu no Restaurante Der Pschorr, e foi direcionado a importadores de vinhos.

No âmbito desta Missão, e num primeiro momento decorreu uma Masterclass com a apresentação da Região e dos vinhos dos produtores presentes, tendo sido orador, Axel Probst, autor da melhor obra sobre Vinho do Porto, em língua alemã e um apaixonado pela região e pelo Vinho do Porto, que deu a conhecer aos presentes a Região do Douro, suas características, castas, clima, etc. e apresentou os vinhos e as empresas presentes.

Após a realização da Masterclass, teve lugar a prova de vinhos, o evento principal desta missão ao Mercado Alemão. A presença dos produtores Soul Wines, despertou o interesse de mais de duas centenas de visitantes profissionais, entre importadores, distribuidores, sommeliers e imprensa, que durante a tarde provaram os vinhos do Douro e Porto dos produtores que se deslocaram ao mercado alemão, no âmbito desta ação da Nervir.

No seguimento da realização da Masterclass e da Prova de vinhos, teve ainda lugar no restaurante Hoiz Weinbistro, também em Munique, um almoço com jornalistas e sommeliers do mercado alemão, em que foi feita a harmonização dos vinhos dos produtores Soul Wines, com os pratos preparados pelo chef Christoph Friedrich. Este almoço contou também com a colaboração de Axel Probst.

Nesta ação, estiveram presentes as empresas: Quinta do Granjal, D’Origem, Vale da Veiga, Mapa Vinhos, Quinta das Lamelas, Quinta do Mourão, Aneto Wines, Adega Cooperativa de Favaios, Quinta dos Lagares, Quinta da Barca, Monte São Sebastião, Adega Cooperativa de Sabrosa, Coimbra de Mattos, Quinta do Silval, Odisseia Wines e Bulas Winemakers.

A Alemanha teve um consumo de 19,7 milhões de hectolitros de vinho, em 2018, ou seja de 23,8 litros per capita.  Ocupa o quarto lugar do ranking mundial dos maiores consumidores de vinho, a seguir aos EUA, França e Itália. É o maior importador mundial de vinhos em volume (14,3 milhões de hl) e o 3º em valor, com 2,5 mil milhões de Euros, a seguir aos EUA (4 mil milhões de Euros) e ao Reino Unido (3,6 mil milhões de Euros). Portugal mantem-se como 9º fornecedor de vinhos à Alemanha, com tendência de reforço significativo da quota de mercado em 2018 (as importações alemãs de vinhos portugueses aumentaram 10,3% em valor e 9,1% em volume).