“Caminhos do Ferro e da Prata” em exposição em Carrazeda de Ansiães

Exposição "Caminhos de Ferro e Prata"/ Foto: Direitos Reservados

Exposição “Caminhos do Ferro e da Prata”/ Foto: Direitos Reservados

O Museu de Lamego inaugurou, na passada sexta-feira, dia 28 de agosto, a exposição “Caminhos do Ferro e da Prata”, em Carrazeda de Ansiães. A exposição que reúne um conjunto de imagens acerca da construção da via-férrea do Douro e do Minho, encontra-se patente até ao dia 29 de outubro.

No total são 65 imagens em exposição, assinadas por Emílio Biel, Antiga Casa Fritz. As imagens que, de acordo com comunicado do Museu de Lamego, se encontram “em excelente estado de conservação”, representam não só o transporte ferroviário, mas também vária informação ao nível da paisagem, arquitetura, traje e costumes.

De acordo com comunicado do museu, “a beleza das imagens, o percurso ao longo do rio Douro, os aspetos históricos e etnográficos, o caráter da região e as tradições internacionais da zona demarcada fazem desta coleção fotográfica um conjunto único”.

Esta exposição resulta de um projeto do Museu de Lamego de identificação de espólios fotográficos familiares com referência ao Douro. Este álbum, entre outros, conservou-se na família duriense Mascarenhas Gaivão, herdado do bisavô, Francisco Perfeito de Magalhães Meneses Vilas-Boas, engenheiro dos caminhos-de-ferro à data das imagens – 1887.

A exposição ficará disponível no CITICA, em  Carrazeda de Ansiães até ao dia 29 de outubro.

, , , , ,