“Noite de Gala” do TRC prestou homenagem à Zigur

A Zigur, plataforma de fomento da criação artística e de desenvolvimento cultural, foi agraciada no passado sábado (dia 23), à noite com o Prémio de Mérito Cultural do Município de Lamego, durante a gala que assinalou o 11º aniversário da reabertura do Teatro Ribeiro Conceição (TRC), atribuído pela Câmara Municipal de Lamego.

A distinção foi atribuída pelo contributo positivo para a dinamização cultural da cidade de Lamego que “desde cedo captou a atenção dos media especializados, nacionais e internacionais, tendo sido destacada pela publicação Monocle como um dos projetos culturais portugueses mais entusiasmantes”,

No discurso de agradecimento, Afonso Lima, Presidente da Direção, recordou que esta associação com raízes em Lamego e sem fins lucrativos nasceu da vontade de fazer acontecer aqui a música e a cultura contemporâneas: “Honrados e orgulhosos com esta distinção, não podemos deixar passar a oportunidade de afirmar que o ZIGUR, com a ZigurArtists, ZigurFest e a Zona é apenas uma parte de algo que gostávamos de ver crescer a acontecer de forma sustentada. A intervenção, o desafio, o contrariar da desertificação e o deitar abaixo as fronteiras físicas e psicológicas que marcam profundamente este país e esta região. Tentámos, umas vezes melhor e outras pior, preencher um espaço vazio no tecido cultural da cidade e, modéstia à parte, fizemo-lo com pertinência e sucesso”.

No discurso de encerramento que proferiu, o Presidente da Câmara Municipal de Lamego, Ângelo Moura, começou por elogiar todos os lamecenses que se dedicam ao Teatro Ribeiro Conceição, “a menina dos olhos” desta comunidade e elogiou a instituição distinguida este ano: “Este reconhecimento à Zigur representa uma nova forma de ver cultura, mais moderna e transversal. É, por isso, um desafio e um apelo para continuarmos a contar com as vossas diferentes formas de ver cultura. Os membros da Zigur são os torna-viagem dos tempos modernos”. Em onze anos de atividade ininterrupta, o TRC tornou-se num dos mais importantes espaços do acervo artístico do Douro Património da Humanidade. Em 2018, promoveu 114 eventos que atraíram cerca de 30 mil espetadores, com realce para o envolvimento alcançado junto da comunidade escolar.

A primeira parte da “Noite de Gala” de celebração de mais um aniversário foi animada pela atuação do TRanÇa, um projeto amador constituído em 2009 no seio desta casa que funciona com vários grupos em processos criativos autónomos. As intervenções em palco ficaram completas com as comunicações da investigadora Isilda Monteiro subordinada ao tema: “A dinâmica empresarial dos brasileiros de torna-viagem e o desenvolvimento de Lamego na 1ª metade do século XX”, uma iniciativa desenvolvida em parceria com o Museu de Lamego, e de Isabel Quaresma, artista plástica e bisneta de José Ribeiro Conceição, fundador do TRC, que fez a apresentação pública de “Ensaio Tropical”, uma instalação da sua autoria que terá lugar, em março, no Museu de Lamego, inspirada nas fotografias e objetos de família, na esperança de descobrir novas trajetórias de pensamento.

,