100 Anos de “Terras do Demo” celebrados com reedição

As autarquias de Moimenta da Beira, Sernancelhe e Vila Nova de Paiva, juntamente com a Fundação Aquilino Ribeiro e a Bertrand Editora vão promover, a 11 de maio, uma sessão de apresentação da reedição do livro “Terras do Demo”, de Aquilino Ribeiro.

A apresentação irá ter lugar em Soutosa, concelho de Moimenta da Beira, na sede da fundação dedicada ao escritor, contando com a presença do ex-ministro da Cultura, João Soares, de Eduardo Boavida, diretor da Bertrand Editora, e de Aquilino Machado, neto do autor.

A apresentação da reedição da obra marca assim o início as comemorações oficiais do centenário da publicação de “Terras do Demo”, editada pela primeira vez em 1919.

Até 14 de junho, mais de uma dezena de iniciativas evocativas da efeméride terão lugar em vários pontos do país, envolvendo a família do escritor, as autarquias, a Biblioteca Nacional, o Museu Bordalo Pinheiro, a Junta de Freguesia e o Mercado de Alvalade (Lisboa), a Universidade de Aveiro, a Companhia de Teatro Filandorra e os CTT, que vão editar um postal comemorativo para a ocasião.

Dentro da agenda, as autarquias de Moimenta da Beira, Sernancelhe e Vila Nova de Paiva vão ser protagonistas de uma mostra de produtos locais no dia 18, no Mercado de Alvalade.

Já no dia 27, data em que se vai assinalar o falecimento de Aquilino Ribeiro, os mesmos municípios vão evocar a data com vários momentos culturais. A Fundação Aquilino Ribeiro, em Soutosa, vai ser palco da primeira edição da Jornada Internacional Aquiliniana, uma iniciativa coordenada pelo Município de Moimenta da Beira e pelo Centro de Estudos Aquilino Ribeiro.

Em Sernancelhe decorrerá a cerimónia de lançamento do postal comemorativo dos 100 anos de “Terras do Demo”. No mesmo dia, à noite, no Auditório Municipal, a cultura sobe ao palco com a apresentação da peça “Mestre Grilo Cantava e Giganta Dormia”, uma adaptação ao teatro da obra “Arca de Noé”.

No dia 28, será lançado o livro “Havia três dias e três noites… e depois”, da autoria dos alunos do Agrupamento de Escola Padre João Rodrigues, de Sernancelhe, a partir da obra “Romance da Raposa”.

As comemorações terão o seu derradeiro momento no dia 14 de junho com a inauguração da exposição da obra completa de Aquilino, intitulada “Aquilino no Campus de Santiago”, na Biblioteca da Universidade de Aveiro – Sala de Exposições Hélène de Beauvois.

, ,