Alexandre Parafita publica “Mitologia Popular Portuguesa”

0

O escritor e etnógrafo transmontano Alexandre Parafita acaba de publicar a obra “Mitologia Popular Portuguesa”, que se traduz numa viagem ao fantástico, guiada pelas crenças e narrações orais que fazem parte da cultura e identidade de um povo predominantemente campesino e rural.

Este livro, lançado pela editora Zéfiro e tendo como subtítulo “Viagem ao fantástico na literatura oral tradicional”, debruça-se sobre o conceito de mitologia popular, definindo-o como “um sistema de pensamento construído pela memória coletiva na base de antigas tradições cristãs e pagãs com o seu elenco estereotipado de seres sobrenaturais”.

São destacados neste universo de seres sobrenaturais, as almas penadas, lobisomens, morte, demónio, bruxas, trasgos, lobisomens, olharapos e mouras encantadas, apresentados e caracterizados num total de 181 narrações da tradição oral, uma grande parte recolhidas na região transmontana.

Almas penadas vagueando nas montanhas, bruxas dançando nas clareiras, lobisomens que cumprem terríveis fadários, encontros sombrios entre mortos e vivos, vinganças do Além, demónios tentadores que constroem pontes, olharapos que infernizam pastores, apelos de mouras nas ruínas de velhos castelos… são alguns exemplos dos enredos misteriosos que integram esta obra.