Chegou ao fim a iniciativa cultural “Sons no verão”

O espetáculo de Isabelle Furtado, em Sanfins do Douro, encerrou a iniciativa “Sons no verão” que voltou a dar vida a vários espaços públicos do Concelho de Alijó.

Durante os meses de julho e agosto, o Município de Alijó promoveu uma programação ao ar livre, descentralizada e responsável, em todas as freguesias do Concelho.

O público encheu o Jardim da Carranca, sempre em cumprimento das recomendações da DGS, para ouvir o concerto de encerramento do “Sons no verão”. Além de espetáculos musicais, esta iniciativa também proporcionou teatro de rua que animou os fins de tarde de várias localidades.

Todos os espetáculos tiveram boa adesão, comprovando o sucesso da iniciativa que se estendeu por todas as Freguesias do Concelho e incluiu a atuação da Banda Filarmónica de São Mamede de Ribatua, Homem ao Mar, Rancho Folclórico “O Plátano” de Alijó, Carla Silva e Cristiano Ramos, Cassandra Cunha, Isabelle Furtado, Entre Pedras e Pedros – Teatro de Rua e o XII Festival Internacional “Acordeão em Espetáculo 2021”.

Ao apostar na descentralização destes eventos, o “Sons no Verão” levou cultura a todos os públicos, fazendo chegar a todos uma oferta segura e responsável, num ano em que as festas e romarias estão proibidas até ao final do verão. A peça de teatro “Histórias da Vermelhinha” com o Grupo de Teatro Filandorra – Teatro do Nordeste, teve de ser adiado por motivos alheios ao Município, sendo que a nova data será anunciada em breve.

,