Douro Rock regressa este fim de semana

Depois do interregno de um ano, provocado pela pandemia Covid-19, a cidade de Peso da Régua volta a receber o festival que dedica o seu palco à música nacional.

Nesta versão adaptada que leva o festival das margens do Douro para o coração da cidade, irão subir ao palco exterior do Auditório Municipal, nomes como Samuel Úria, The Gift ou GNR, entre outros.

No primeiro dia de festival, sábado, a noite encerra com The Gift que trazem a “Tour Verão” à Régua, onde vão revisitar os grandes momentos dos últimos 25 anos, com a ajuda de cenografia e iluminação pensados para o momento.

Antes, o palco é de Samuel Úria e o seu mais recente álbum de originais, “Canções do Pós-Guerra”. Um disco confessional que tem o propósito de conduzir o público numa viagem à criatividade do músico e compositor.

Os Cassete Pirata – de João Firmino, Margarida Campelo, Joana Espadinha, António Quintino e João Pinheiro – abrem o festival com o álbum de estreia, “A Montra”.

Dia 12, comemoram-se os 40 anos de carreira dos GNR. A preparar um concerto especial, Rui Reininho, Jorge Romão e Tóli César Machado trazem de volta as canções de sempre e o rock ao Rio Douro.

Quem também regressa aos palcos são os Três Tristes Tigres. Depois de um hiato de 22 anos, Ana Deus e Alexandre Soares editaram “Mínima Luz”, entre o experimentalismo e a pop menos óbvia.

A noite abre com NEEV, o mais votado pelo público no Festival da Canção 2021 com o tema “Dancing in the Stars”. O músico e compositor vai apresentar o álbum de estreia “Philosotry”, produzido pelo reputado Larry Klein.

Na preparação para o arranque do evento a nossa reportagem falou com Miguel Candeias, um dos organizadores que garantiu ter “boas expectativas” para esta edição.

“Estamos todos com muita vontade de voltar a ver os artistas em palco e eles com vontade de terem o público à sua frente, por isso estamos à espera que sejam duas noites de festa”, afirmou.

Numa nota publicada nas redes sociais a organização informou que os bilhetes individuais para a primeira noite (dia 11) já estão esgotados, bem como os passes gerais. Restam ainda algumas mesas para grupos de seis pessoas e bilhetes individuais para a noite de domingo.

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *