Douro vai ter passaporte para conhecer a região

Museus e Centros Interpretativos de tutela pública e privada, no total de 41 instituições pertencentes à Rede de Museus do Douro, vão disponibilizar a partir do dia 17 de julho um passaporte que dá acesso a descontos na entrada nesses espaços.

O passaporte estava para ser lançado em março, mas só agora pode ser disponibilizado, numa altura que a Rede de Museus do Douro considera ideal para quem quer viajar, sair em segurança e conhecer o Douro nas suas mais variadas vertentes.

Os aderentes vão desde espaços museológicos ligados ao vinho, ao azeite, à cerâmica, aos produtos endógenos, à memória, às tradições e à história, incluindo centros interpretativos.

“A Rede de Museus do Douro, ao unir diferentes tipos de unidades museológicas, pretende também contribuir para a sua divulgação junto das comunidades de visitantes. Seja aproximando a comunidade local dos seus espaços, seja divulgando estas estruturas a quem nos visita, este passaporte é um incentivo para partir à descoberta do território duriense”, refere a Rede de Museus do Douro.

O passaporte, que tem uma breve descrição sobre cada um dos espaços a visitar, horários de atendimento e descontos atribuídos é pessoal e não tem data de validade.

,