Festival Rock Nordeste volta para a 7ª edição

0
Festival Rock Nordeste volta para a 7ª edição

Depois de dois anos sem edição, o Rock Nordeste está de regresso a Vila Real, nos dias 24 e 25 de junho. O festival tem como característica a forte aposta na atualidade da música portuguesa.

O festival Rock Nordeste regressa aos relvados do Parque Corgo e ao auditório exterior do Teatro de Vila Real, já nos dias 24 e 25 de junho, sexta e sábado. Depois de dois anos de interregno, esta edição vai contar com dois dias de concertos com entrada livre, numa edição que pretende celebrar o reencontro entre o público e a música portuguesa. Lena D’Água, Surma, Filho da Mãe, GROGNation e Nuno Calado dj são os primeiros nomes anunciados para a edição de 2022 do Festival Rock Nordeste, em Vila Real.

GROGNation sobem ao Palco Parque do Rock Nordeste no dia 24 de junho.“Nada É Por Acaso”, é o primeiro álbum do grupo, que conta já com dois EP’s, e segundo muitos, o melhor de hip hop, neste momento, tornando-se indispensáveis no panorama do rap português. O grupo apresentou ao vivo, com dois concertos, o novo EP “Anatomia de GROG”, produzido na íntegra por Sam The Kid.

Já no dia 25, o Filho da Mãe sobe ao palco para apresentar “Terra Dormente”, um álbum gravado ao longo de dois anos entre Lisboa e Ílhavo, fruto da falta de noção do que era real ou não, durante a travessia da pandemia, que serviu como inspiração.

Também no dia 25, Lena d’Água, que regressou aos discos de originais em 2019, apresenta-se no palco. A artista venceu os Prémios Play (Prémios da Música Portuguesa) na categoria de Melhor Artista Feminina e Prémio da Crítica, chegando, em 2017, ao final do Festival da Canção com um tema da autoria de Pedro da Silva Martins.

Surma, por sua vez, apresenta-se em palco em formato de trio, acompanhada por João Hasselberg e Pedro Melo Alves, onde apresentam uma reinterpretação do seu reportório e começam a apontar novos caminhos para os próximos lançamentos. O seu disco de estreia “Antwerpen” recebeu as melhores críticas de meios como Expresso, Público ou Blitz, sendo, de forma quase unânime, considerado pela imprensa nacional, um dos melhores discos nacionais de 2017. O single “Hemma” também foi nomeado para melhor canção nos prémios SPA Authors 2017.

Nuno Calado é um dos fundadores da Antena3, autor do programa Indiegente e ex-colaborador da SIC Radical. Promete fazer dançar o público do Palco Parque no dia 25 de Junho.

Este evento celebra 30 anos desde a sua primeira edição em 1992, na altura em que era um concurso de bandas de garagem, hoje vai para a sua sétima edição com um novo formato. Na última edição, em 2019, passaram pelos relvados do Parque Corgo cerca de 30 mil pessoas motivadas para ouvir o melhor da atualidade da música portuguesa. Nomes como Orelha Negra, Linda Martini, Capicua, Sean Riley & The Slowriders, Dead Combo, Manel Cruz, Conan Osíris, Bonga, Sensible Soccers, entre muitos outros, já passaram pelo festival.

O festival Rock Nordeste, em 2014, passou do Complexo de Codessais para o Parque do Corgo. Esta nova localização criou uma nova dinâmica que tem vindo a refletir-se numa resposta positiva por parte do público, e consolida uma identidade que se funde com a natureza com a cidade devido ao potencial e versatilidade do Parque do Corgo. A sua zona verde concede ao espaço um lugar de primazia, circulando lateralmente o Teatro de Vila Real, dando ao recinto um ar natural, confortável e rodeado da bela natureza que o Rio Corgo oferece. Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal de Vila Real, com programação da promotora Rock With Benefits e produção da Rd Systems.